Vila de São Jorge

A vila (ou povoado) de São Jorge é parte do Município de Alto Paraíso de Goiás, estado de Goiás, Brasil, na entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

GUIA DE SERVIÇOS

 

 

> AGÊNCIAS DE TURISMO

...................................................

> ALIMENTOS ORGÂNICOS

..................................................

> ARTE

...................................................

> ECOVILAS E ECOALDEIAS

...................................................

> ENERGIAS RENOVÁVEIS

...................................................

> ESPAÇOS HOLÍSTICOS

...................................................

> FOTÓGRAFOS

...................................................

> GUIAS TURÍSTICOS

...................................................

> HOSPEDAGEM

...................................................

> IMÓVEIS

...................................................

> MERCADOS, EMPÓRIOS

E SUPERMERCADOS

...................................................

> RESTAURANTES E LANCHONETES

...................................................

> Roupas e Acessórios

...................................................

> TERAPEUTAS

HOLÍSTICOS

...................................................

> TRANSPORTES, TAXIS

E TRILHAS

...................................................

Criada por garimpeiros que chegaram à região em busca de quartzo, tem cerca de 700 habitantes e fica entre o vale do rio Preto (onde está o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros) e o vale do rio São Miguel - localização privilegiada que tornou o povoado um atrativo turístico conhecido internacionalmente. Por causa do turismo, estabeleceu-se na vila uma infra-estrutura que inclui restaurantes, pousadas e comércio de artesanato. Na vila é realizado anualmente um festival cultural com manifestações artísticas típicas do cerrado e de todo o Brasil.

 

Localizada na entrada do Parque Nacional surpreende os visitantes por sua magia de Vila interiorana com cultura de garimpo anterior à década de '50. As construções são simples, contrastando com a exuberante beleza natural do parque que pode ser visitado a pé. A ausência de neons e poluição torna o céu de estrelas e a Lua de São Jorge ao alcance da mão e da poesia.

 

 

História da Vila de São Jorge

 

O povoado de São Jorge, a antiga Baixa, recebia este nome porque ficava em um local abaixo de Alto Paraíso. A partir de 1951, após a segunda guerra mundial, aumentou a procura de cristais para fazer material bélico. Este fato da história mundial influenciou na fundação da Vila de São Jorge, pois o local possui enormes veios de cristal de quartzo e ali constituiu-se uma pequena vila de garimpeiros de caráter provisório, pois em 1956 a cotação do cristal caiu em função da criação do cristal sintético e ao mesmo tempo inicia-se a construção de Brasília que acabou atraindo os garimpeiros da antiga Baixa em busca de bons salários.

 

Com a inauguração de Brasília, muitos antigos garimpeiros retornaram. Como o preço do cristal no mercado melhorou, deu-se início a melhor fase do garimpo de São Jorge, fase que se estendeu até 1964, quando o golpe militar derrubou João Goulart e a junta militar que assumiu o poder realizou intervenções nas firmas que exportavam cristal para o exterior dando início à decadência do garimpo de cristal na antiga Baixa que continuou sobrevivendo apenas das lascas dos mesmo cristais, até que se tornou inviável a subsistência de muitas famílias que tiveram que se mudar em busca de melhores condições. A partir de 1989 começa a nova fase de São Jorge, com a organização de Brasília a economia do povoado volta a crescer com a chegada de cristais.

Como a Baixa virou São Jorge

Na época um homem influente do pequeno vilarejo, conhecido como Zequita propôs a mudança de nome do lugar para São Jorge, devido à sua forte crença no Santo e a idéia de que São Jorge está nas alturas gerou uma boa aceitação dos moradores, já que a vila chamava-se Baixa. Então Zequita mandou trazer de São Paulo a imagem de São Jorge que está na capela construída pelos garimpeiros e cuja a festa é celebrada anualmente em 23 de abril.
(fonte site da Prefeitura Municipal de Alto Paraíso de Goiás)

Algumas das Cachoeiras

mais proximas da Vila de São Jorge