Alto Paraíso de Goiás

A cidade é um dos principais destinos turísticos do Estado de Goiás. Com um ar de misticismo, considerada por alguns místicos como a capital do Terceiro Milênio, a cidade é cheia de mistérios, paisagens e cachoeiras que de beleza única no cenário brasileiro.

GUIA DE SERVIÇOS

 

 

> AGÊNCIAS DE TURISMO

...................................................

> ALIMENTOS ORGÂNICOS

..................................................

> ARTE

...................................................

> ECOVILAS E ECOALDEIAS

...................................................

> ENERGIAS RENOVÁVEIS

...................................................

> ESPAÇOS HOLÍSTICOS

...................................................

> FOTÓGRAFOS

...................................................

> GUIAS TURÍSTICOS

...................................................

> HOSPEDAGEM

...................................................

> IMÓVEIS

...................................................

> MERCADOS, EMPÓRIOS

E SUPERMERCADOS

...................................................

> RESTAURANTES E LANCHONETES

...................................................

> Roupas e Acessórios

...................................................

> TERAPEUTAS

HOLÍSTICOS

...................................................

> TRANSPORTES, TAXIS

E TRILHAS

...................................................

Natureza, Místicismo, Espiritualidade e Diversão em um só lugar

A confluência de uma série de fatores torna Alto Paraíso um lugar único no cenário nacional e o destino mais procurado da Chapada dos Veadeiros. Suas deslumbrantes belezas naturais, somadas à fama de ser um centro de energia cósmica, atraem místicos, alternativos, terapeutas holísticos, amantes da natureza, pesquisadores e praticantes de esportes radicais de todos os cantos do mundo.

Muitos chegam e ficam perfeitamente integrados à rotina pacata dos que sempre viveram ali, numa comunhão de perfis diversos, fazendo emanar na cidade um clima zen, de respeito às diferenças. Diversidade que  se reflete na arquitetura ao lado das pequenas casas típicas do interior, há construções em forma de iglu, gota, pirâmide e até um castelo.

 

Alto Paraíso é um lugar cuja fama vai longe e é merecida. A beleza do lugar é inquestionável, e sua energia também “fala” por si! Algum mistério paira na região, que aos poucos vai sendo desvendado.

A cidade não deixa de surpreender e de se renovar, especialmente quando se enxerga para além das aparências. Há muito pois para fazer e para conhecer. Não só cachoerias, mas tambem templos, mirantes, lugares de poder e pessoas inspiradoras com é o caso da Dona Flor do Moinho, parteira e raizeira da região. 

 

Dados Geográficos

As Estações

A região possui duas Estações bem marcadas –secas e chuvas-, mas também os períodos de transição que acabam sendo os favoritos de muita gente. O ápice das chuvas se dá entre janeiro e março, quando muitos moradores optam por sair da área. Após as chuvas, em maio, os rios ainda estão cheios e a flores estão no seu máximo, sendo então a época para observar as majestosas palipalans que dão um ar tão especial a este Cerrado de Altitude. Segue daí o Inverno é seco e relativamente frio da Chapada, ficando mais difícil aproveitar as suas águas que, ademais, em alguns pontos podem rarear bastante. Mas em Setembro recomeçam timidamente as chuvas, permitindo a brotação do saboroso cajuzinho do Cerrado.

 

Natureza

A exuberância da Natureza de Alto Paraíso é um dos maiores destaques dos arredores da cidade. A paisagem é especial no seu conjunto, merecendo destaque as veredas como a do Jardim de Maitreya na beira do Parque Nacional. O céu noturno maravilha por sua nitidez e quantidade de estrelas, durante a seca sobretudo, sendo um atrativo para grupos de observadores do céu. A flores nativas do Cerrado também fazem a sua presença todo o ano. E mesmo na cidade, observaremos todo o tempo os grandes pássaros da região, como as araras e os tucanos.

A quantidade de cachoeiras “bem distribuídas” pela região é notável, sendo necessárias algumas semanas para chegar a conhecer as mais importantes.

 

Atrativos Naturais

As belas Loquinhas de águas azuladas, permitem um acesso a pé desde Alto Paraíso, e a Cristal (outra linda sequência de cachoeiras, a caminho de Cavalcante) tampouco fica muito distante. No Povoado do Moinho, encontra-se o Parque Solarion com as lindíssimas Anjos e Arcanjos. Na direção do Povoado São Jorge, estão as Almécegas e a São Bento, com seu amplo lago onde se realiza anualmente o polo aquático. Mas próximo desta vila as atrações se diferenciam através do bóia-cross no Vale Dourado e especialmente pelo impressionante “Vale da Lua” com suas pedras caprichosamente esculpidas.

Já no Povoado, encontra-se a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, onde diariamente saem grupos guiados para os atrativos do Parque, basicamente rios e cacheiras, como as Cariocas e os fantásticos Saltos do Rio Preto. Merece citar ainda as “estações” de águas termais que existem já a caminho de Colinas, e muito bem integradas na Natureza. Depois disto, para quem tiver mais tempo e disposição, existem as cachoeiras de Macacos, Macaquinhos e Couros (rematando uma visita com sua enorme exuberância), entre outras menos freqüentadas. Veja mais em Cachoeiras

 

Cultura

Uma das festividades mais fantásticas da região é o tradicional Encontro dos Povos da Chapada, que se realiza no Povoado de São Jorge (a estrada está finalmente terminando de ser asfaltada!) no mês de Julho. Ali comparecem várias nações indígenas e o visitante tem a oportunidade de conviver com suas danças e costumes, entre muitas outras atrações. A Cidade de Alto Paraíso está atualmente revitalizando os seus costumes tradicionais, como a “Caçada à Rainha” que integra as Festividades do Espírito Santo e remonta às lendas da Cavalaria Medieval, sempre muito fortes no Estado de Goiás.

Ao lado disto, existem várias agremiações religiosas de origem protestante ou de outras origens, que também possuem muita influência na sociedade local.

 

Fora disto, existem vários eventos anuais já num âmbito mais esotérico e alternativo.

Vale citar então o FICA – Festival Internacional de Cultura Alternativa, realizado no final de Julho na “pioneira” Ecovila Flor de Ouro, localizada no Povoado do Moinho. Também costumam ser realizados anualmente o Festival Alternativo do Kranti de Música Eletrônica e o Festival YogaAstral ambos em Julho, e o Festival Condor Eagle de Medicina Sagrada acontece em Janeiro. Como expressão de arte mística e afins, cabe mencionar os trabalhos regulares desenvolvidos no Espaço Gota – Música Essencial. Ademais sempre ocorrem cursos, palestras e eventos esporádicos de maior ou menor porte, porque a cidade é bastante procurada para atividades culturais, especialmente no âmbito esotérico-alternativo.

 

 

LAWS, AP, 20/05/2014