• Tami Teo

Alto Paraíso: o lugar perfeito para o turismo de reconexão


A interação com a natureza nos permite acessar um estado de contemplação, pois temos a oportunidade de nos esvaziar e de entrar em contato com as forças que nos guiam. Encontramos valiosos momentos para somente ser, para viver o eterno agora. Quem nunca renasceu após um banho de cachoeira e depois ficou quietinho só ouvindo o som da água? Por isso que o turismo de reconexão é tão importante em nossas vidas.


Uma viagem nunca é só uma viagem, mas também uma busca de si, uma viagem interior. “O turismo de reconexão é algo que todos deveriam procurar periodicamente, por meio dele nós podemos buscar a nossa essência e nos reconectar com pedaços que temos dentro de nós, mas que às vezes ficam esquecidos”, afirmou Nathalia Calil, cofundadora da escola de autoconhecimento e desenvolvimento humano Miray.


Nathalia fala também sobre a conexão com a nossa ancestralidade. “Nós podemos descobrir as origens dos nossos ancestrais. Nos deparar com lugares onde estão nossas raízes gera transformação, é preciso estar ali para sentir, pois existem conexões que não seriam nem possíveis de imaginar”, disse.


A Chapada dos Veadeiros é um lugar sagrado que amplia todo esse aprendizado. Além das várias cachoeiras monumentais e da beleza do Cerrado, a região localiza-se sobre uma enorme placa de cristal de quartzo. “Aqui o tempo se expande, eu aprendi em um mês o que aprenderia em um ano”, contou Ludmila Avila, moradora de Alto Paraíso há um ano. O cristal de quartzo é conhecido por suas propriedades de limpeza e energização.


Alto Paraíso é a cidade mais visitada da Chapada dos Veadeiros, recebe cerca de cinco mil turistas nas altas temporadas. Ela também é conhecida como a capital holística do Brasil por conta fatores como: a presença do Paralelo 14 - o mesmo paralelo que passa sobre Machu Picchu no Peru e outras cidades sagradas -, pela presença de vários grupos espirituais, por conta dos espaços holísticos, dos templos de ayahuasca, entre outros. Saiba mais aqui!


Existem muitas formas de viajar, seja na cidade, na praia, no mato, seja com roteiro programado ou caminhando por aí à deriva. Uma coisa é fato: sempre voltamos renovados, com muitas histórias para contar, novas perspectivas sobre a vida e mais conhecimento.



92 views

DESTAQUES

Assine a nossa newsletter