Conheça a história de Dona Flor e saiba como apoiar seu sonho e o sonho da sua comunidade


Quilombola, parteira, raizeira, no auge dos seus 80 anos Dona Flor construiu uma história alicerçada na doação, na entrega, na ensinança, no estudo e salvaguarda da biodiversidade do cerrado e nas tecnologias mais simples, em favor da saúde e da educação comunitária.


Dona Flor nos inspira, pois acredita na natureza e na capacidade humana de transformação e resiliência! O Sonho de Dona Flor é ter uma "Casa", um espaço de ensinança e aprendizagem, que gere união e partilha entre aprendizes. Dona Flor já não é mais uma jovenzinha, o peso da idade e algumas questões de saúde nos mostram que o projeto, a Casa de Saberes precisa acontecer AGORA!

A Casa de Saberes Tradicionais Flor do Moinho

- Uma casa que se tornará um ponto de encontro, um ponto focal para que Dona Flor realize o sonho de transmitir seus saberes e fazeres.

- Um lugar acolhedor, que receba visitantes do Brasil e do Mundo todo, que desejam trocar, compartilhar, repartir conhecimentos. Uma casa de inter - câmbios!

- Um lugar onde toda e qualquer gestante se sinta acolhida, como um bebê num útero, num ventre afetuoso, se sinta confiante, receba orientações sobre a gestação, parto, aleitamento, puerpério.

- Um ambiente educativo, onde as crianças, meninas e meninos possam receber apoio e carinho com ludicidade e aprendam a se amar, se autocuidar.

- Uma escola, onde as formações permanentes sobre Partejar, Fitoterapia e Terapias, aconteçam, com arte, música, tecelagem, hortomedicinal, jardinagem e tecnologias... onde ciência e tradição se encontram e criam experiências novas e inovadoras vivências!

- Um lugar para homens que queiram vivenciar o paternar, um lugar para terapeutas, educadores/as, ativistas dos direitos humanos, uma casa para Ser humano!


Tornar o sonho de Dona Flor realidade incide diretamente na redução da vulnerabilidade e na invisibilidade das parteiras tradicionais. Adotar uma Parteira, uma benzedeira, uma raizeira, tornar seus sonhos e salvaguardar seus saberes, é um convite para a sociedade brasileira na atualidade. Ativistas estão dialogando sobre meios de adotar e salvaguardar estes mestres e mestras, em vivências formativas e em audiências públicas, como a última que ocorreu no Senado Federal, em novembro de 2017.

Apoie a Campanha:

https://benfeitoria.com/casadesaberesdonaflor


DESTAQUES

Assine a nossa newsletter