Alto Paraíso Sustentável. Seminário de Gestão Integrada do Território.


Nos dias 30 de setembro e 01 de outubro, a SECIMA - Secretaria de Estado e Meio Ambiente - realizou na cidade de Alto Paraíso de Goiás, o Seminário Internacional de Gestão Cultural Integrada do Território.


O evento é parte de um grande projeto que definiu Alto Paraíso como projeto piloto e referencial para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS-ONU), assim como do Programa Cultivando Água Boa, como projetos demonstrativos na Reserva da Biosfera do Cerrado - Goiás, transformando o município e a região referências em sustentabilidade. O programa está sob responsabilidade e coordenação da SECIMA, cujo objetivo é gerenciar expectativas e abrir campo a uma estratégia de médio e longo prazo para o município e para a região.


Na sexta-feira, dia 30, as atividades ocorreram no Auditório do Hotel Chappada, às 19 horas. O destaque fica por conta da palestra “O Desafio da Sustentabilidade: Reflexões sobre Perspectivas Mundiais e Intervenções Locais – o Entendimento Global a partir da superação dos dilemas locais”,

com o professor Luiz Oosterbeek - doutor em Filosofia e PhD em Arqueologia pelo University College London, Presidente do Instituto Terra e Memória (Portugal) e Coordenador junto à Comissão Europeia de projetos de Gestão Cultural Integrada do Território – Portugal, Alemanha, França, Lituânia, Itália, República Checa e Espanha.


Temas como as plataformas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Reserva da Biosfera do Cerrado e do Programa Cultivando Água Boa foram apresentados pela Superintendente Executiva de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da SECIMA, Jacqueline Vieira (na foto acima). Houve também a participação do professor da UFG, Saulo Oliveira, além do professor em Ciências Políticas pela UFMG, Robert Bonifácio, além de representantes da comunidade local. A palestra no sábado tratou da “Gestão Cultural Integrada de Território” novamente com o professor Luiz Oosterbeek. O seminário internacional foi idealizado pela SECIMA, em parceria com o Instituto Terra e Memória (Portugal), com a Universidade Federal de Goiás e com o Instituto Espinhaço.


Apresentação de Catira. (Fotos Secima)





DESTAQUES

Assine a nossa newsletter